TURISMO   

 

Ecoturismo - uma opção de desenvolvimento sustentável

 

No Brasil, apesar de um potencial natural inigualável, o turismo é ainda uma atividade em desenvolvimento. O ecoturismo é uma atividade de investimentos relativamente baixos e de retorno rápido. Absorvendo mão-de-obra local, contribui para valorizar o homem e fixa-lo à região. É ainda um poderoso instrumento de educação ambiental para os que dele vivem e para os que o usufruem.

O segmento da indústria turística mundial para o qual se prevê maior expansão é o ecoturismo: espera-se que, na década de 1990, ele venha a apresentar o dobro do crescimento do turismo convencional. Segundo estudos da Organização dos Estados Americanos - OEA, existe nos maiores mercados emissores de turistas uma grande demanda reprimida de ecoturismo na Amazônia.

O desenvolvimento turístico integrado da Amazônia requer ações mínimas como a expansão do transporte aéreo na região, o incentivo ao transporte turístico fluvial, a criação de infra-estrutura de saúde e saneamento básico e a ampliação dos alojamentos de selva, que hoje não chegam a sete em toda a região.

A implantação do Projeto Ecoturismo em nível nacional funciona como um vetor de desenvolvimento sustentável. Sua formulação foi feita de modo a garantir que os empreendimentos financiados obedeçam à legislação ambiental vigente.

 

ECONOMIA – Ecoturismo

 

Ecoturismo

 

Ecoturismo lembra tudo de bom que tem a Natureza e lembra também o lugar mais fantástico que existe no mundo para desfruta-lo.

Se você é ecoturista, você tem o nome na ponta da língua.

Se você vai iniciar a sua carreira de ecoturismo, corra para o lugar onde você mais vai poder correr a pé, de canoa, a cavalo, em cima do búfalo, atrás dos peixes, correndo serras acima, trilhas abaixo, aplaudindo o sol todo santo dia na hora em que ele se recolhe, porque também é filho de Deus.