TURISMO ATRAÇÕES TURÍSTICAS – Manaus   

 

Atrações Turísticas

 

v       Alfândega

R: Marquês de Santa Cruz, s/nº, Centro. Fone: 234-5481.

Inaugurada em 1906 e tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional em 1987, foi construída pela empresa inglesa Manaos Harbour Limited, como parte da concessão do Porto de Manaus. Considerado um dos primeiros prédios pré-fabricados do mundo, foi trazido em blocos, pronto para ser montado, no porões dos barcos britânicos que aportavam em Manaus. Seu estilo varia do medieval ao renascentista. A torre com farol (hoje desativado) orientava os navios que chegavam e partiam da cidade. Atualmente, funciona como sede de fiscalização da Alfândega.

 

v       Igreja da Matriz

Pça da Matriz, Centro. Fone: 234-7821. De 2a a 6a , das 7 às 11h30 e das 14h30 às 19h; sáb., até as 12h e das 15h às 18h30; dom., até as 11h e das 16 às 20h.

Obra dos missionários carmelitas, foi erguida em 1695, logo após a fundação da cidade. Em 1850, no entanto, foi completamente destruída por um incêndio. O prédio atual ficou pronto em 1878 e mantém uma posição de destaque na paisagem do centro da cidade. Localizada sobre uma pequena elevação em frente ao porto, predominam as linhas retas em estilo neoclássico em sua construção simples. As pinturas no coro impressionam pela modernidade. No teto está representada a coroação de Nossa Senhora e nas laterais a Virgem Maria e a história das missões na Amazônia.

 

v       Mercado Municipal Adolpho Lisboa

R: dos Bares, 46, Centro. Fone: 232-5073. De 2a a sáb., das 5 às 18h; dom., até as 12h.

Inaugurado em 1882, trata-se do segundo mercado com esse tipo de edificação a ser montado no país. A parte mais antiga é o pavilhão central, ladeado por 2 pavimentos com estruturas em ferro fundido e forjado, pórtico de ferro rendilhado por vitais, no estilo extinto Les Hales, de Paris. Essas edificações datam do início do século e abrigaram o comércio de carnes à direita e o de peixes, à esquerda. Arrendado para a empresa inglesa Manaos Markets, em 1906, voltou à administração municipal em 1934. Até hoje funciona como centro de comercialização de produtos regionais e de outras localidades,

 

v       Palácio da Justiça

Av. Eduardo Ribeiro, 901, Centro. Fone: 622-2588. De 2a a 6a , das 8 às 15h.

Inaugurado em 1900, é até hoje a sede do poder judiciário de Manaus. Seu estilo foi inspirado na arquitetura do Segundo Império francês acrescentado de elementos do neoclássico inglês. O interior é todo em estilo barroco com profusão de ornamentos e a escadaria da fachada é toda em mármore. No alto fica a estátua de Têmis, a deusa grega da Justiça. Ao contrário das outras, seu olhos não estão vendados e a balança em uma de suas mãos pende para um dos lados.

 

v       Parque Municipal do Mindu

R: Perimental, Parque 10. Fone: 236-7702. De 3a a dom., das 8 às 17h.

O parque possui uma área de 330 mil metros quadrados de mata remanescente e é usado para atividades científicas, culturais e turísticas. É um dos últimos refúgios do macaco sauim-de-coleira, que só existe na região e está ameaçado de extinção. Pelas trilhas urbanizadas é possível observar 4 ecossistemas diferentes: a mata de capoeira secundária, a mata de terra firme, a mata de baixio e áreas degradadas que sofreram desmatamento em 1989. O parque também possui biblioteca, centro de informações ambientais, anfiteatro para 600 pessoas, orquidário, canteiros com ervas aromáticas e propriedades medicinais.

 

v       Parque Nacional do Jaú

Localizado próximo ao Arquipélago das Anavilhanas, o Parque Nacional do Jaú, é a maior reserva florestal da América do Sul. Com 2,27 milhões de hectares, o Parque é banhado pela águas escuras do Rio Negro. Possui um exuberante diversidade biológica e, ainda, animais ameaçados de extinção, como o peixe-boi e a ariranha. O Parque Nacional do Jaú está próximo ao município de Novo Airão e só é possível chegar até lá de barco.

 

v       Praia da Lua

Localizada na margem esquerda do rio Negro, a 23 quilômetros de Manaus, o acesso só é possível por via fluvial. O nome da praia faz referencia ao seu formato de lua em quarto crescente. Além da praia extensa e das águas límpidas e frias, possui uma cobertura vegetal conservada.

 

v       Praia do Tupé

Localizada a 34 quilômetros de Manaus, o acesso só é possível por barco. Apesar de ser muito procurada por banhistas nos feriados e finais de semana, não possui muitos atrativos. A atração fica por conta da paisagem durante a travessia pelo rio Negro, do banho nas águas escuras do rio e do banho de sol. Durante as cheias a praia fica restrita a uma faixa de 20 metros de largura, enquanto no período de seca chega a ter 80 metros. No local estão instalados, precariamente, alguns bares, onde é possível tomar cerveja, refrigerante e comer algumas porções. Se precisar ir ao banheiro, volte ao barco, é mais seguro.

 

TURISMO ATRAÇOES TURÍSTICAS – Manaus    

 

Praia da Ponta Negra

 

Em uma cidade com temperaturas elevadas como Manaus, um dos prazeres é admirar o pôr-do-sol sentindo uma brisa fresca na praia da Ponta Negra, a quilômetros do centro da cidade. Um projeto de reurbanização valorizou a área, que é caminho para o Hotel Tropical. À noite, principalmente nos finais de semana, os bares e restaurantes do calçadão tornam-se o ponto de agito, quando casais de namorados, famílias e idosos dividem o espaço da orla. Um teatro de arena com capacidade para 15 mil pessoas oferece shows de música e dança regional, para completar o quadro. Durante o dia, funciona no local um complexo cultural e esportivo com quadras de areia, ciclovia, mirante, playground e posto médico.

 

Zoológico

Estrada da Ponta Negra, 750, São Jorge. Fone 625-2044. De 3a a dom., das 9 às 16h30.

Localizado e mantido pelo Centro de Instrução de Guerra na Selva, possui 300 espécies de animais da fauna amazônica com macacos, onças, ariranhas, cobras, jacarés e araras.

 

Relógio Municipal

Av. Eduardo Ribeiro, Centro, em frente à Praça da Matriz.

Seu mecanismo foi importado da Suíça e montado em uma base de pedra em 1927, pelos ourives Pelosi e Roberti, de Manaus. Hoje seus ponteiros estão parados. Quando funcionava, os manauaras o apelidaram de Big Bem.

 

 

TURISMO ATRAÇÕES TURÍSTICAS – Manaus    

 

Encontro das Águas

 

Quem vai a Manaus não pode deixar de ver o espetáculo que é o encontro das águas dos rios Solimões e Negro para formar o Amazonas. O encontro, que atrai milhares de turistas, ocorre a aproximadamente 10 quilômetros de Manaus, descendo o rio Negro. Quando as águas se encontram, correm lado a lado sem se misturar por cerca de 6 quilômetros, até as águas barrentas e ricas em nutrientes do Solimões empurrarem as águas escuras escuras do Negro para perto das margens. Isso ocorre em função das diferenças de densidade, temperatura e velocidade dos rios. O rio Negro corre a cerca de dois quilômetros por hora a uma temperatura de 22ºC, enquanto que o Solimões corre de 4 e 6 quilômetros, dependendo da época do ano, a uma temperatura de 28ºC. Nos hotéis e agências de turismo da cidade é possível marcar o passeio de barco com antecedência.

 

TURISMO ATRAÇÕES TURÍSTICAS - Manaus   

 

Atrações Turísticas

 

Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas

 

Fundado em 1917, o Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas está localizado na área mais antiga da Cidade. Ali você poderá encontrar a Biblioteca Ramayana de Chevalier, que oferece um acervo de aproximadamente 60.000 livros, com documentos manuscritos e obras raras da história e geografia do Amazonas; o Museu Crisantho Jobim, com cerâmicas indígenas, uma coleção etnográfica, fotografias antigas, aves empalhadas, mobiliário, pinturas, etc.. O prédio e seu acervo foram tombados e, recentemente, restaurados pelo Governo do Estado através da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo.

Visite o IGHA.

De 2ª a 6ª feira – Horário: 14h às 17h30

Rua Bernardo Ramos, 135 – Centro

Entrada Gratuita

 

Teatro Amazonas

 

Principal Patrimônio cultural do estado, o Teatro Amazonas foi inaugurado em 1896, no auge da época da borracha. Apesar da predominância de elementos neoclássicos, adotou-se neste edifício vários outros estilos que o caracterizam com uma obra eclética, com materiais e artistas trazidos da Europa, como Domenico de Angelis, Giovani Capranesi e Crispim do Amaral.

Tombado com patrimônio histórico em 1965, hoje com mais de 100 anos, tem capacidade para 681 pessoas na platéia e nos três andares de camarote. Após restauração realizada em 1990, pelo Governo do Estado, retomou seu apogeu com a apresentação em seu palco de óperas famosas e músicos de renome nacional e internacional.

Visite o Teatro Amazonas

De 2ª a Sábado – Horário: 9h às 16h

Guias Bilíngües

Praça São Sebastião, s/n – Centro

Entrada Paga.

 

Catedral de Nossa Senhora da Conceição

 

Mais conhecida com “Igreja Matriz”, foi construída pela primeira vez, de madeira coberta de palha em 1695 pelos missionários Carmelitas, que deram a ela o nome da Virgem Conceição, que se tornou a padroeira de Manaus. Um ano depois, nova igreja foi construída mas em 1850 um incêndio a destruiu totalmente. Só oito anos mais tarde é iniciada um nova construção em estilo neoclássico, com a maior parte do material importado da Europa, principalmente de Portugal. Em 1878 a catedral é inaugurada.

Visite a Catedral.

Praça Oswaldo Cruz, s/n – Centro

 

Parque do Mindú

 

O Parque do Mindú é o maior em área urbana da cidade e concentra os ecossistemas de mata de terra firme, mata de capoeira secundária e mata de baixio. O visitante tem oportunidade de passear com segurança por trilhas educativas e algumas suspensas na altura das árvores. O local possui orquidário, biblioteca, anfiteatro, loja de artesanato e um centro de exposições.

Visite o Parque do Mindu.

De 3ª a domingo – Horário: 8h às 17h

Rua Perimetral, s/n – Parque 10

Entrada Paga.

 

Bosque da Ciência

 

Foi criado pelo Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia e está localizado em plena área urbana, foi projetado para desenvolver e promover programas ligados a preservação e recuperação da natureza, permitindo unir horas de lazer com a educação e conscientização da importância do meio ambiente.

Visite o Bosque da Ciência.

De 3ª a 6ª feira – Horário: 9h às 12h/ 14h às 16h30

Sábado, Domingo e Feriado – Horário: 9h às 17h

Alameda Cosme Ferreira, 1756 – Aleixo

Entrada Paga.

 

Palácio da Justiça

 

Localizado em uma das mais antigas e importantes avenidas de Manaus, a Eduardo Ribeiro, bem no centro da cidade, o Palácio da Justiça, construído em estilo neoclássico e inaugurado em 1900, já passou por várias reformas que tem respeitado o estilo original de sua construção. Nele está instalado, o Tribunal de Justiça do Amazonas. A curiosidade fica por conta da estátua da deusa grega da justiça Têmis, que ao contrário das demais, não possui os olhos vendados.

Visite o Palácio da Justiça.

De 2ª a 6ª feira – Horário: 8h às 13h

Av. Eduardo Ribeiro, 833 – Centro

Entrada Gratuita.

Centro Cultural Palácio Rio Negro – CCPRN

 

Construído no final do século XIX, em estilo eclético, para ser residência particular do comerciante da borracha, o alemão Waldemar Scholz. O prédio foi adquirido pelo estado em 1918, para abrigar a sede do Governo. Em 1995, o Governo do Estado, em virtude de sua beleza arquitetônica e valor histórico, transformou em Centro Cultural Palácio Rio Negro, com espaços abertos a exposições, lançamentos de livros, recitais, música erudita e popular, livraria, teatro e outras atividades culturais.

Visite o CCRPN.

De 3ª a Domingo – Horário: 16h às 21h

Av. Sete de Setembro, s/n – Centro

Entrada Gratuita.